Você está aqui  Página Principal  Notícias
NOTÍCIAS
A FESTA DE HOMENAGEM ÀS COMPANHEIRAS

O Lions Clube de Castelo Branco cumpriu a tradição. Mais uma vez programou e realizou a Festa de Homenagem às Companheiras, no dia 29 de Maio, no Hotel Colina do Castelo, festa que fora anunciada também como Jantar Dançante.

      

                O Lions Clube de Castelo Branco cumpriu a tradição. Mais uma vez programou e realizou a Festa de Homenagem às Companheiras, no dia 29 de Maio, no Hotel Colina do Castelo, festa que fora anunciada também como Jantar Dançante. E dançou-se de facto ao som das músicas, com ritmo e alegria, tocadas com alma pelo terceto instrumental convidado pela CL Esmeralda.

A Festa havia sido anunciada, de início, há largos meses, para angariação de fundos do Leo Clube, mas na festa não vimos um só dos nossos Leos.

 

A participação dos Companheiros foi modesta. Contámos apenas 18 sócios, que com os cônjuges e os convidados somaram cerca de cinco dezenas de participantes.

A Festa, todavia e contra o que poderá pensar-se, esteve à altura da tradição do Clube., sóbria e digna. Nem admira. A dúzia dos que sempre comparecem e dos que sempre têm convidados estava em peso e supriu todas as deficiências da falta de participação dos que persistem em manter-se no quadro da abstenção. À nova Direcção fica o encargo, que já tomou, como se sabe, em dar remédio a este mal já crónico. Se há quem não queira cultivar a amizade, participando, se há quem se esteja nas “tintas” para essa amizade e para o compromisso, tomado no dia da posse, de participar activamente em todas as actividades do Clube, para que aguardar mais ainda o seu regresso? Dissemos sempre que a riqueza dos Clubes era o seu capital humano. Mas há “moedas” que deixaram de ter cotação e não resta outra alternativa que a de enviá-la para os catálogos dos numismatas, no caso, para o memorial dos sócios que deixaram de o ser.

 

O elogio das Companheiras, farto e generoso -  esteve a cargo do CL Francisco Vaz Lourenço, Presidente eleito para 2009/2010. A Cª Maria do Rosário Rato fez, com brilho e alegria e dedicação e ternura o tradicional lima-limão, tão doce, tão doce, que não teve mesmo pitada de limão. Vão aqui publicados para memória.

 

Elogio de Companheiras:

“Estamos hoje aqui reunidos para celebrarmos com alegria o Dia das Companheiras: Peço a todos a vossa compreensão para a simplicidade e a brevidade das minhas palavras.

No Livro do Génesis é descrita a formação de Eva  a partir duma costela de Adão, e quando Adão viu a mulher que Deus lhe apresentou, disse: "Esta, afinal, é osso dos meus ossos e carne da minha carne."

Era igual a si próprio, a sua colaboradora e sua companheira.

Do latim, companheira , é a que come do mesmo"pão", ou como hoje dizemos, come à mesa comigo, e quem come comigo à mesa é meu igual.

Mas há diferenças na igualdade, geralmente a companheira é mais afável, é mais harmoniosa, tem mais suavidade, mas a grande diferença está mesmo na Maternidade!!!, para mim foi atribuída à companheira porque o companheiro não aguentaria.!!!

É nas preocupações e aflições do companheiro, que a companheira se agiganta: ela acalma-o, fortalece-o, e incentiva-o, para ultrapassaras crises. Por isso , obrigado companheiras, eu vos leio este poema do poeta Amândio César:

 

TUDO

 

 E em surdina chegaste

 E em surdina te vais

 --Oh felicidade que baste

 Que nunca bastas de mais !

 E eu queria que ficasses,

 De tal maneira ficada,

 Que nunca mais me trocasses

   -----Por nada !”

                (CL V. Lourenço)

 

O Momento Laranja -. Limão:

 

“Companheira Presidente, companheiras e companheiros:

 

Boa noite, Companheiros,

Boa noite venho dar.

Nesta noite do coração,

Vamos lá retomar,

(Como manda a tradição)

A rábula laranja – limão.

 

Passo à apresentação:

Eu sou a laranja,

Anafada e sem aresta,

Sempre pronta

A entrar na festa.

 

O meu colorido néctar

Alegra as reuniões,

E uma simpatia ímpar

Brota em nossos corações.

 

 

Neste ano lionístico,

Que d’Esmeralda tem a cor,

Servi com lealdade,

A amizade,

A Solidariedade

E o amor.

 

 

Esperem, esperem por mim,

Os Companheiros não me conhecem?

 

Eu sou o limão

Pois então!

Sou rebolão, refilão

E, chegad’a ocasião

Provoco a rebelião.

 

Com o meu azedume,

Critico a torto e a direito,

E um ris’amarelo vem a lume,

Como manda o preceito.

 

A noite vai adiantada,

Cumpre-nos terminar.

Bem hajam pl’a atenção prestada

A este humilde versejar.

 

E nós, laranja – limão,

De mãos dadas e contentes

Pedimos um grande aplauso

Para todos os presentes.

(Cª Maria do Rosário)

 

 

Parabéns, Maria do Rosário! Parabéns, Vaz Lourenço. O site felicita-vos e agradece-vos.

Também a Presidente, CL Esmeralda, esteve à altura da festa que programou e realizou. Parabéns, CL Esmeralda!

Ao terceto o nosso agradecimento e as nossas felicitações pela sua bela actuação.

 

 

Nota: - pode, se o desejar, ver a reportagem fotográfica: clique sucessivamente em Galeria <  Festa de Homenagem às Companheiras Maio 2009 < clique sobre a foto e verá 21 fotos da festa.

         

Newsletter
  Nome
  E-mail
 
 
CAMPANHAS